Home > Licitações > O que você deve saber sobre cotações privadas?

O que você deve saber sobre cotações privadas?

Você já deve conhecer as licitações públicas, utilizadas pelos órgãos públicos como procedimento para aquisição de bens e serviços. Mas e quanto às licitações privadas? Já conhece este termo?

Respondendo as principais perguntas que recebemos, hoje, vamos esclarecer alguns pontos relacionados às oportunidades privadas.

Cotação e Licitação Privada

Inspirados nos princípios utilizados pelo direito administrativo na criação das licitações, empresas privadas começaram a adotar o processo licitatório como forma de adquirir seus bens e serviços.

Dentre os princípios adotados pelos órgãos públicos ao elaborarem os editais, são observados:

  • Legalidade
  • Impessoalidade
  • Moralidade
  • publicidade
  • Eficiência
  • Interesse público
  • Probidade administrativa
  • Igualdade
  • Planejamento
  • Transparência
  • Eficácia
  • Segregação de funções
  • Motivação
  • Vinculação ao edital
  • Julgamento objetivo
  • Segurança jurídica
  • Razoabilidade,
  • Competitividade
  • Proporcionalidade
  • Celeridade
  • Economicidade
  • Desenvolvimento nacional sustentável, conforme o artigo 5º da Nova Lei de Licitações (14.133/2021).

Visando, também, obter todas as vantagens do instrumento licitatório, algumas empresas de grande porte da iniciativa privada passam a criar meios de compra semelhantes ao utilizado pela administração pública.

Dentre as vantagens buscadas pelas empresas ao realizar as licitações privadas estão: segurança, economia, agilidade, pontualidade, transparência etc.

Empresas privadas adotaram procedimentos conforme disposto na Lei de Licitações, e começaram a realizar processos licitatórios para qualquer tipo de compra.

É importante frisar que, apesar de inspirados na Lei de Licitações e na Lei dos Pregões, as cotações e/ou licitações privadas não estão sujeitas a nenhuma destas leis – estas servem apenas de parâmetro para seguir um processo seguro e eficaz.

Ou seja, não há obrigatoriedade da empresa privada em seguir as regras da Lei de Licitações, mas ela a faz por trazer muitas garantias e benefícios para seu negócio.

 

Vantagens da Licitação Privada

Muitas vantagens aparecem ao abrir o leque de concorrência e competitividade, tanto para a empresa que adquire o bem ou serviço, quanto para a empresa que fornece.

A licitação/cotação privada realiza pregões eletrônicos e presenciais para encontrar o melhor fornecedor, tal como nas licitações realizadas pelos órgãos públicos.

As empresas adotaram esta modalidade de cotação com o intuito de alcançar o maior número de ofertas para os bens e serviços que visam.

A licitação privada é uma alternativa para o procedimento comum de contratação, que amplia o número de potenciais fornecedores – além de tornar o processo mais impessoal, poupando o quadro de funcionários.

 

Economia de recursos

Ao invés de adotar setores de compra, como feito anteriormente, as empresas poupam recursos de tempo e de pessoal ao manter um método padrão de contratação, em que os fornecedores buscam as oportunidades.

Ao invés de dispor de vários funcionários ligando para empresas diferentes e ranqueando o produto ou serviço mais vantajoso para compra, agora, a empresa dispõe de um único canal de captação, que permite a escolha mais rápida e eficiente pelo melhor fornecedor.

Por ser um processo de ampla abrangência aos fornecedores, o torna mais justo, impessoal e transparente. Isso porque as normas e a forma para a contratação já são pré-estabelecidas e exatamente iguais para todos os interessados.

O processo de aquisição por meio das licitações privadas é eficiente pois reúne um número maior de interessados em oferecer seu produto ou serviço, garantindo que as empresas vão contratar o fornecedor que apresentar maior vantagem.

 

Vantagem para o fornecedor

Bom, se você é um potencial fornecedor, fique atento às oportunidades que não param de crescer.

Esta forma de contratação privada permite a obtenção de contratos com empresas variadas, com as quais não tinha contato anterior.

Além disso, há um maior alcance das cotações, o que permite que empresas de localidades distintas possam contratar, utilizando-se do pregão eletrônico.

Portanto, é possível verificar que o mercado é bastante favorecido com essa forma de contratação.

 

Portais Privados

Diante da exigência dos padrões das licitações, algumas empresas se viram obrigadas a adotar um sistema de compra mais eficaz e intuitivo.

Hoje, a maioria das companhias que realizam as cotações privadas faz o uso de plataformas online, buscando a melhoria da divulgação das informações, bem como alcançar empresas de todo o país.

O intuito dos portais privados é prover serviços de comércio eletrônico relacionados à aquisição de bens e serviços, de forma online.

Se falarmos do contexto atual da COVID-19, mais do que nunca foram utilizados meios online para compras.

Você, como fornecedor, pode trabalhar na sua cidade e fornecer seu produto ou serviço para qualquer parte do país.

Isso significa que suas chances de lucrar são muito maiores ao se cadastrar em portais para participar de licitações privadas.

 

Processo

Agora que já esclarecemos o que são as oportunidades privadas, vamos tratar do funcionamento do processo de cotação.

Como vimos, a cotação privada não precisa seguir a Lei de Licitações nem a Lei do Pregão, isso porque o comprador, neste caso, não é órgão público.

Desta forma, a empresa que estiver adquirindo o bem ou serviço tem o direito de decidir quais os critérios adotará para realização da cotação.

Esses critérios podem ser definidos como:

  • Prazo de entrega
  • Prazo de pagamento
  • Qualificações do fornecedor
  • Especificações do material a ser entregue ou serviço a ser prestado, entre outras.

Com relação ao procedimento, as licitações privadas são similares às públicas: a companhia que irá contratar elabora e disponibiliza o edital de convocação.

Neste edital deverá constar o objeto da cotação e os critérios de julgamento das propostas. Igualmente, devem estar presentes os requisitos e critérios para a participação de cada fornecedor.

Também no edital é indispensável que sejam estipulados os prazos, condições do contrato, cláusulas para inadimplência e outras especificações.

Um ponto interessante é que, tal qual nas licitações públicas, ao realizar uma cotação particular, a empresa fica obrigada a contratar o fornecedor que ficar em primeiro lugar, ou o subsequente em caso de inabilitação.

Onde e como encontrar Licitações Privadas?

Agora que já vimos que as licitações privadas são uma forma eficiente e vantajosa de aquisição de bens e serviços, além de uma oportunidade de negócio excelente para sua empresa, vamos ver onde e como ficar sabendo das cotações privadas.

A Joinsy faz este trabalho para você: somos a única empresa do mercado a oferecer oportunidades públicas e privadas.

Com a Joinsy, as oportunidades de negócio no setor privado estarão disponíveis para você, garantindo crescimento no faturamento da sua empresa! Você tem acesso a mais compradores e a informações de vários portais. Acessando a nossa plataforma, você encontra um leque de oportunidades de licitações privadas e públicas.

A Joinsy capta as informações e as disponibiliza para o segmento da sua empresa, de forma que você possa direcionar seus esforços, aumentando as suas chances de obter mais contratos.

Como você tem gerido as oportunidades da sua empresa? Entre em contato com a nossa equipe e comece já a lucrar com oportunidades em licitações privadas e públicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *