Home > Licitações Públicas > O que esperar das Licitações em 2021?

O que esperar das Licitações em 2021?

O ano já começou: e você, sabe o que esperar das licitações em 2021? Que licitações são um negócio vantajoso, que pode gerar muito lucro para sua empresa, ninguém duvida.

Mas como isso é possível? 

Muitas empresas têm se sentido inseguras com seus negócios e não sabem que direção tomar depois de um ano como 2020, em que quase todos os segmentos foram afetados com a crise decorrente da pandemia da Covid-19.

Felizmente, estamos vendo uma retomada animadora da economia, que tem gerado prospecções positivas de crescimento ainda no primeiro semestre de 2021.

Mas para que possamos falar sobre presente e futuro, é sempre importante fazer uma avaliação do cenário anterior. É quando entendemos a evolução e avanço de um mercado, que conseguimos criar um planejamento sólido para o que vem adiante.

 

Retrospectiva 2020

 

De fato, 2020 foi um ano sem precedentes na história. Mas ao mesmo tempo, mostrou a grande capacidade de resiliência e garra da população e, principalmente, dos empresários e de suas equipes, que puderam manter a economia girando, mesmo neste período.

O mérito é todo daqueles que se esforçaram, lutaram e não desistiram! E você faz parte desse time. Por isso, parabéns! 

São nos tempos de crise que nos superamos, mostramos do que somos capazes e crescemos.

Seja como empresário, ou como parte do time de uma empresa, você foi e continua sendo responsável por trazer novas perspectivas de sucesso!

Mas, naturalmente, 2020 exigiu muitas adaptações e, também, aflorou um espírito mais solidário. 

A RCC, cumprindo sua função social, disponibilizou em 2020 um plano totalmente gratuito a todas as empresas que estavam buscando no mercado de licitações uma alternativa para manter seu negócio.

Desde o estopim da pandemia, o Plano Profissional esteve e permanece disponível para que as empresas possam ter acesso a informações valiosas de oportunidades.

Além disso, redobramos nosso compromisso de oferecer conteúdo de qualidade, tanto por meio do blog, com atualizações contínuas, quanto com os webinários semanais e gratuitos!

Tudo isso para que você pudesse ter ainda mais sucesso.

 

Números de 2020

 

Mesmo sendo um ano com incertezas, em termos de licitações, 2020 ainda foi um excelente período de negócios.

Apenas no Governo Federal, foram 82.166 contratos firmados com empresas dos mais diversos segmentos. Fora todos os contratos realizados pelos estados, municípios e outros órgãos.

Novamente, apenas pelo Governo Federal, foram pagos R$ 33,31 bilhões decorrentes de contratos públicos.

Outro fator que merece destaque sobre a retrospectiva de 2020 foi o aumento considerável da utilização da modalidade Pregão. Aproximadamente 35% das contratações foram realizadas por meio de pregão – considerando, ainda, as dispensas e inexigibilidades.

Isso representa uma tendência do mercado: cada vez mais, os órgãos têm optado, de forma orgânica, pela escolha do pregão no lugar de outros procedimentos. 

Tal fato merece destaque, pois envolve uma mudança da qual estamos diante agora em 2021, a Nova Lei de Licitações, da qual vamos falar adiante.

 

Serviços e materiais mais licitados

 

Nós sabemos que planejamento e organização são imprescindíveis para quem quer ter sucesso, em qualquer área e segmento.

Compreender o mercado e as necessidades vigentes permite que você se adapte para oferecer exatamente o que o cliente está precisando.

Nas licitações, isso não é diferente. 

Todo ano, os órgãos públicos precisam dos mais variados produtos e serviços. Mas a quantidade pode oscilar, dependendo do período.

Por exemplo, ao final do ano, é comum que os órgãos adquiram kits de Natal e outros produtos dessa categoria para bonificar os servidores públicos. Sabendo disso, sua empresa pode se preparar para atender esse segmento de licitações em 2021.

Em 2020, sabemos que vivenciamos um período atípico, mas que determinou a necessidade de vários produtos e serviços. 

Aqueles capazes de atender a essas necessidades foram os que mais faturaram. Materiais como álcool, máscara, aventais, água mineral e outros foram muito visados nas licitações.

Tudo para atender a demanda de supressão à pandemia, que determinou a aquisição de produtos antes não tão procurados.

Serviços como assistência médica, seguros, cursos de aprimoramento e apoio administrativo figuraram entre os mais licitados em 2020.

Alguns até parecem desconexos, mas se você observar, com muitos servidores distantes, os órgãos aproveitaram para fornecer cursos de capacitação, e também foi necessário contratar apoio administrativo para auxílio no home office. 

Tudo está conectado. E a capacidade da sua empresa em observar as informações do mercado determinam a sua habilidade de projetar o futuro.

Nas licitações em 2021 não é diferente: observe a direção que o mercado está tomando e então planeje seus próximos passos. 

 

Projeções para 2021

 

A retomada do mercado, com a adaptação e crescimento dos negócios é uma grande aposta para 2021.

Houve uma demanda reprimida em 2020, ou seja, uma série de produtos e serviços que não foram contratados em virtude da pandemia. Esses itens serão necessários, portanto, voltarão a ser adquiridos neste ano.

Além disso, vão permanecer as demandas especiais, voltadas ao controle da pandemia, então, não perca de foco esse segmento.

Com a retomada do funcionamento dos órgãos públicos na sua normalidade, espera-se a volta do crescimento das licitações. Por isso, aproveite para que sua empresa cresça junto!

 

Nova Lei de Licitações

 

Outro fator que será bastante determinante em 2021 é a Nova Lei de Licitações, que afeta todas as contratações públicas.

Como vimos, há um crescimento natural da utilização do pregão como modalidade de licitação, porque é mais enxuta e eficiente. 

Isso foi observado pelo legislador, que adotou uma supressão e organização diferenciada das modalidades de licitação.

Com a nova lei, some a tomada de preços e a carta convite, permanecendo apenas a concorrência e o pregão, que serão determinados em razão do objeto da licitação.

No cenário de licitações em 2021, surge, também, uma nova modalidade, o diálogo competitivo, que será utilizado apenas quando o órgão ainda não tiver uma solução determinada para sua necessidade, e quiser elaborá-la juntamente com as empresas.

Além dessa, são inúmeras outras mudanças, como otimização da lei, de prazos, inversão permanente das fases do certame entre outras.

Mas guarde a seguinte informação: a nova lei de licitação terá um prazo de adaptação de 2 anos, período em que os órgãos podem escolher entre adotar a nova lei ou as anteriores, então, tenha muita atenção ao edital!

 

Como se preparar

 

Como já mencionamos, a preparação, organização e planejamento fazem toda diferença.

Portanto, é importante que você já inicie 2021 à frente e trazendo um diferencial para sua empresa.

O pregão online, que já era vastamente utilizado, será a modalidade mais frequente nas licitações em 2021 com a nova lei. 

Portanto, a tecnologia é um caminho sem volta, e você precisa se adaptar ao mercado. Dessa forma, contar com uma ferramenta inteligente, inovadora e completa faz a diferença no seu negócio.

Mas fique tranquilo, a tecnologia da nossa plataforma serve, também, para atender às licitações de concorrência, tomada de preços e convite, inclusive na forma presencial.

Você pode se perguntar “mas, como?”. 

Nós entregamos informações valiosas sobre preços, concorrentes, processos passados e oportunidades futuras. Tudo isso em uma plataforma que permite organização de documentos, gestão de processos e muito mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *